Uma introdução aos cosméticos coreanos + top 10 produtos que indico

Quem está começando agora no mundo dos cosméticos coreanos pode se espantar com a quantidade de produtos e marcas e se sentir um pouquinho perdido. Este post apresenta um pedacinho deste mundo enorme de itens fofos, tecnológicos e cheios de qualidade. Vamos conhecer?

Blog Valeu a Compra | Introdução aos cosméticos coreanos e onde comprar

AS MARCAS

O primeiro alerta que eu faço é: não tente conhecer todas as marcas coreanas. Enquanto conseguimos, com relativa facilidade, enumerar as grandes marcas brasileiras de maquiagem, em 2015 surgiu uma nova marca de cosméticos por semana na Coreia da Sul graças à demanda e à indústria extremamente competitiva, rica em inovação e que atingiu a excelência no que diz respeito à capacidade tecnológica para desenvolver e entregar novos produtos num curto período de tempo.

Mas é importante, sim, conhecer algumas marcas porque isso ajuda a encontrar um produto que funcione bem para a sua pele principalmente quando falamos de itens de tratamento, não só de maquiagem. E já mencionei em alguns posts que também é importante conhecer um pouquinho sobre ingredientes e suas funções – além do seu exato tipo de pele.

Com o tempo e um pouco de tarefa para casa – depois de consumir alguns produtos, acompanhar algumas marcas pelas redes sociais e acompanhar blogs que tratam do assunto – olha eu aqui, gente! \o – será possível pensar em qual marca tem a melhor maquiagem, o melhor hidratante, a melhor espuma de limpeza, o melhor custo-benefício, e assim por diante, para seu tipo de pele.

Vou listar alguns nomes mas também é interessante dizer que a maioria das marcas de cosméticos na Coreia fica concentrada na mão de dois grandes grupos: a LG (sim, a da TV – claro, são subsidiárias diferentes, dentro do mesmo grupo, que são responsáveis por uma coisa ou outra) e a AmorePacific. Vejam:

LG AMOREPACIFIC
The History of Whoo
SU:M37
belif
ISA KNOX
The Saga of Xiu
BEYOND
Dermalift
ChungYoonJin
THEFACESHOP
VDL
VOV
philosophy
AmorePacific
Aritaum
HERA
Sulwhasoo
Laneige
IOPE
Mamonde
Primera
Innisfree
Etude House
Espoir
Annick Goutal

Outro grupo que vem crescendo é o Able C&C, proprietário da Missha, A’Pieu e SWISSPURE e dono do varejo (físico e online) BeautyNET da Coreia. Clio, Peripera e Goodal pertencem ao Club Clio. Holika Holika pertence a uma subsidiária de cosméticos do grupo Samsung. E, por fim, outras marcas que já são conhecidas fora da Ásia e merecem ser listadas são It’s Skin, Lioele, Mediheal, Mizon, Peripera, Skinfood, The Saem, Tony Moly, Too Cool For School.

O bom de saber quais marcas pertencem a quais grupos é que, algumas vezes, um produto acaba sendo o mesmo em duas marcas diferentes. É o caso da cushion hidratante da Missha que algumas blogueiras acham idêntica à da A’Pieu.

Dito tudo isto, seguem algumas observações:

  • Etude House e A’Pieu são marcas voltadas para peles jovens. Adoro as maquiagens de ambas mas os produtos de skincare, para quem já passou dos 30, podem não trazer muitos resultados;
  • Missha (linha Time Revolution) e Cosrx têm produtos de skincare que funcionam muito bem em peles mais maduras, especialmente os tônicos e as essências, além de um ótimo custo-benefício;
  • IOPE também se enquadra na turma de ótimos produtos para peles mais maduras mas os produtos não são baratos;
  • Laneige tem alguns dos melhores sleeping packs que já testei mas eles também não são baratos. Indico uma boa alternativa da Lioele na lista dos “10 produtos”, abaixo;
  • The History of Whoo e sua concorrente Sulwhasoo são marcas luxuosas e bastante caras, provavelmente as mais caras da Coreia;
  • a Mediheal é bastante famosa e respeitada por suas máscaras hidratantes;
  • a Peripera tem o water tint mais perfeito – e mais querido pelas blogueiras – que já vi! Faz a gente nem sentir tanta falta dos tints da Benefit =)
  • The Saem tem um corretivo líquido sen-sa-cio-nal! E o melhor: ele é baratíssimo. Já vi blogueiras de fora o comparando ao Radiant Creamy da Nars.

AS TENDÊNCIAS

Existem algumas preferências que regem a indústria cosmética na Ásia e que são um pouco diferentes do que temos no ocidente. Quem acompanha meu blog já se familiarizou com estas características mas vou resumir as principais aqui:

  •  o cuidado com a pele é muito mais importante (e é cultural) que a maquiagem. Por exemplo, crianças aprendem na pré-escola a aplicar o protetor solar (ou aprimoram porque os pais já as ensinaram). Por este motivo, a maquiagem do dia a dia é bem leve e natural;
  • base não é um produto muito usado na Coreia. Os BB creams, multifuncionais e sempre com fator de proteção solar bem alto, são os preferidos. Para o verão, a cushion é a queridinha: ela é leve, não escorre, também tem FPS alto e é super portátil para retocar o protetor solar ao longo do dia;
  • a hidratação é o passo mais importante da rotina de cuidados e algumas etapas existem apenas para potencializá-la. E ela não se resume a aplicar o hidratante uma ou duas vezes ao dia e tomar bastante água, não. Máscaras e sleeping packs dão um boost hidratante na pele, sprays leves contendo algum ingrediente emoliente são carregados na bolsa para retoque e é bastante comum os coreanos possuírem, em suas mesas no trabalho, um pequeno umidificador pessoal para evitar que a pele resseque;
  • uma pele saudável e hidratada é radiante! Por isso, muitos produtos por lá (primer, BB cream, cushion) têm característica iluminadora para realçar este aspecto tão importante. No ocidente, o brilho foi crucificado, mesmo o brilho natural de uma pele saudável. Faz anos que o óleo vegetal (um dos melhores hidratantes que existe) passou a ser removido da lista de ingredientes dos cosméticos. Começamos a falar de strobing dois anos atrás (e por aqui o strobing é praticado, muitas vezes, com uma uma maquiagem-base toda fosca coberta com um iluminador em pó) mas, mesmo sem ter um termo específico para isso (na verdade até tem: é o chok chok, mas vou deixar isto para um próximo post), este já era o caminho natural na Coreia há tempos! E produtos em pó nunca foram muito utilizados por lá, a preferência é por texturas líquidas e/ou em creme. Esse lance de finalizar a make inteira com pó é prática ocidental. Para lidar com a oleosidade, coreanos e japoneses utilizam lencinhos absorventes próprios para isso. E para lidar com o suor durante o verão sul-coreano – que não é pouco – existe, sim, um tipo de pó usado: os powder pacts, um pó muito fino aplicado somente e no máximo na zona T. Este assunto é meio polêmico porque brasileiro adora maquiagem fosca, mas já falei bastante sobre isso por aqui e não vou comprar a briga novamente. Quem quiser mais explicações, pesquise aí no blog por “matte” (ou “mate”), “brilho”, “óleo”, etc. ;)

10 PRODUTOS QUE INDICO

Ah, enfim a parte divertida! Selecionei alguns produtos que não são caros, que são fofos e de super qualidade. É um ponto de partida para quem quiser começar sua aventura de compras pelos cosméticos coreanos e abrir a mente e a alma para experimentar uma coisa diferente. ;)

Todos os preços mencionados estão em dólares americanos e foram pesquisados na data deste post no site www.testerkorea.com (exceto quando outro site for mencionado pontualmente) e são aproximados (≅) porque a loja pratica conversão diária do Won sul-coreano para dólares. Mais informações sobre sites e compras no final deste post.

Divirtam-se! Valeu a Compra - Kawaii

1) Máscara hidratante para o rosto

Trata-se de uma máscara de uso único confeccionada em poliéster ou hidrogel mergulhada em uma essência hidratante. Ela é, normalmente, oval ou redonda, com as aberturas para os olhos, nariz e boca, mas existem algumas que vêm em duas partes (as de hidrogel, por exemplo, que são mais frágeis para manipular). Para quem nunca viu, segue uma foto abaixo de uma miniatura (fofíssima) que as marcas usam como amostra para que as pessoas tenham uma ideia de como são o tecido e a essência.

A post shared by 한으뜸 (@haneuddeum) on

 

A máscara deve ser aplicada no rosto limpo e tonificado e permanecer nele de 20 a 30 minutos. Dá um boost na hidratação e é perfeita para ser utilizada antes de uma maquiagem mais elaborada. Não vou recomendar nenhuma em específico porque não costumo comprar este tipo de produto, os sites enviam como brindes nas compras. Já utilizei várias e todas elas foram muito boas. E algumas são bem baratas.

Blog Valeu a Compra | Introdução aos cosméticos coreanos & onde comprar

Food A Holic 3D Natural Essence Mask romã e geleia real ≅ US$ 0.45 (valor unitário) e ≅ US$ 3.30 (caixa com 10).

2) Tint e balm labial

Os tints são corantes que podem ser utilizados nos lábios e bochechas cujo pigmento dura muitas horas, não mancha os dentes e não suja o copo =). São muito comuns na Coreia (principalmente porque facilitam o efeito gradiente nos lábios, bastante usado por lá) mas, no ocidente, além da Benefit, apenas algumas poucas marcas lançaram os seus (este da Dior é incrível!).

A principal função do tint é fornecer uma cor duradoura mas ele seca nos lábios e não traz hidratação nenhuma. Por isso, seu melhor amigo é o balm que, além de hidratar, muitas vezes traz proteção solar.

Dica de uso: aplique o tint, construa a cor que desejar sobrepondo camadas e, quando ele secar bem, encha os lábios de balm. Leve apenas o balm consigo para retoques já que a cor do tint deve durar o dia todo.

Blog Valeu a Compra | Introdução aos cosméticos coreanos & onde comprar

Meus favoritos (em sentido horário, começando do topo):

  • Peripera Tint Water #01 Cherry Juice (muito parecido com o Benetint da Benefit) ≅ US$ 5.80;
  • Missha The Style Glow Tint Lip Balm SPF18 PK01 Vital Pink (muito parecido com o balm Addict Lip Glow da Dior – tenho também o OR01 Mandarin Orange) ≅ US$ 8.00;
  • Etude House Fresh Cherry Tint RD301 (tenho também o PK001 que é muito parecido com o Posietint da Benefit) ≅ US$ 4.90;
  • Missha Poptastic Jelly Tint LINE Friends Edition cor Swing Pink ≅ US$ 7.10;
  • It’s Skin Babyface Oil Drop Tint #01 Cherry Oil ≅ US$ 5.00;
  • Etude House Bling Me Prism Color in Liquid Lips cor OR206 (edição limitada não mais disponível – postei review aqui);
  • Innisfree Eco Flower Tint – este é o corante mais recente que comprei e se tornou um de meus favoritos! Eu adoro brilho e não sei se todas as cores são assim mas a que escolhi (Rose Tint) tem pontinhos minúsculos de brilho, amei! ≅ US$ 4.95. Comprei, também, o balm da mesma linha, o Innisfree Eco Flower Tint Balm na cor Rose, é bem hidratante e, para um balm, ele até que tem bastante cor. ≅ US$ 5.80;
  • Tonymoly Petit Bunny Gloss Bar #03 Apple – este é um item que sempre aparece na lista de mais vendidos dos sites coreanos. É um balm bem hidratante e com uma boa quantidade de cor (menos que o Innisfree Eco Balm, mais que o Style Glow da Missha), é barato, tem 9 opções de cores, e tem essa embalagem suuuuuper fofinha (cada cor tem uma carinha diferente). ≅ US$ 3.80;
  • Para terminar, no centro da foto: A’Pieu Sweet Tea Lip Balm Pink: um balm muito cremoso, muito perfumado e que deixa um toque de cor lindo! Ele dá uma “corada” natural como se a gente tivesse tomado um pouquinho de sol de primavera depois de passar muito frio no inverno. Aspecto saudável e é muito hidratante, um dos melhores balms que já usei. Foi uma edição limitada mas ainda está disponível no KoreaDepart por US$ 6.50.

3) BB cream

Já contei a historinha do BB mais de uma vez aqui no blog e expliquei como foi graças à Coreia do Sul que, hoje, praticamente todas as marcas do mundo – orientais e ocidentais – têm seu BB cream no portfolio. Maaaaaaas nenhum BB ocidental se iguala ao “original” coreano (entre aspas porque, na verdade, o produto nasceu na Alemanha, clica ali na “historinha”). É um produto realmente multifuncional, com propriedades hidratante e calmante, com reparação de manchas além de um fator de proteção solar sempre alto.

Em resumo: se você, até hoje, só experimentou BB creams ocidentais (L’Oréal, oi?) está mais do que na hora de se jogar em uma opção coreana.

Blog Valeu a Compra - Produtos coreanos | BB cream, blur, cushion

Meus favoritos: M Perfect Cover (≅ US$ 13) e Signature Complexion Coordinating (≅ US$ 12 o de 20ml), ambos da Missha.

Lembrando que a Missha é a única marca coreana que está oficialmente no Brasil (desde o ano passado) e ela vende o M Perfect Cover em sua loja online e nas lojas da Drogaria Iguatemi.

4) Cushion

Outro produto sobre o qual já falei bastante por aqui, a cushion nasceu e existe na Coreia desde 2008 (com o lançamento da IOPE, uma das favoritas por lá até hoje) mas no ocidente começou a brilhar só no ano passado quando a Lancôme lançou a “revolucionária” Miracle Cushion. Outras marcas lançaram seus produtos depois disso (incluindo a MAC e até o Boticário), não testei nenhuma ocidental e apesar de adorar a Lancôme só vi protetor solar na cushion do Boticário (que foi lançada como edição limitada e nem sei se ainda está disponível). Isso me desapontou um tanto porque um dos motivos da cushion existir na Coreia é justamente pelo fator de proteção solar alto: ela nasceu como uma maquiagem de verão, leve, que não escorre, portátil para ser levada na bolsa e que permite retocar o protetor solar ao longo do dia sem “dissolver” a maquiagem (como um protetor convencional faria) ou ter que refazer a make. Aqui vale o mesmo conselho do BB cream: se jogue em uma versão coreana, a legítima!

Blog Valeu a Compra | Introdução aos cosméticos coreanos & onde comprar

Gosto das opções hidratantes e as minhas favoritas são:

  • Etude House Precious Mineral Moist Any Cushion (estojo branco fechado no topo – é a versão hidratante da linha Precious Mineral) com FPS50 (≅ US$ 15 completa e ≅ US$ 8 o refil);
  • Etude House Precious Mineral Pearl Aura (a que tem bolinhas brancas que são um iluminador) que também tem FPS50 (≅ US$ 15 completa e ≅ US$ 8 o refil);
  • Missha M Magic Cushion Moisture LINE Friends Edition com FPS50 (paguei US$ 12 na caixa contendo um estojo com cushion + dois refis. Foi uma promoção de lançamento que não está mais disponível. Agora, esta caixa da edição do LINE vem com um estojo com cushion, mais um refil e um aplicador extra e sai por ≅ US$ 10.50).

Já publiquei review das cushions da Etude House aqui e da cushion da Missha aqui. Quem gosta de base sequinha e maquiagem fosca pode estranhar um pouco as cushions hidratantes mas, de novo, é questão de abrir a mente para uma coisa nova e diferente. ;)

5) Blur

O blur é um primer (ou um efeito adicional de uma base ou BB cream) que diminui a aparência dos poros, uniformiza o tom da pele e deixa o rosto com “aspecto de Photoshop”. O blur se popularizou na Coreia em 2013 com o Face Blur da Etude House e caiu no gosto do ocidente quando virou escolha editorial na revista americana Allure. Foi suficiente para as marcas do lado de cá do globo lançarem seus itens e a L’Oréal foi uma das primeiras. A L’Oréal, aliás, me parece a marca ocidental mais ligada ao que acontece na Coreia do Sul.

Blog Valeu a Compra - Produtos coreanos | BB cream, blur, cushion

Indico: Etude House Beauty Shot Face Blur FPS15 (≅ US$ 12.50).

6) Sleeping pack / mask

A sleeping pack ou mask é uma máscara hidratante utilizada para dormir mas, apesar do nome, não é uma máscara propriamente dita, como as do item 1 em tecido ou hidrogel, mas um creme bastante concentrado que deve ser aplicado à noite,  depois da rotina completa de cuidados com a pele em substituição ao hidratante convencional uma ou duas vezes na semana, e retirado pela manhã durante a limpeza do rosto.

Quando dormimos, a renovação e divisão celulares são mais intensas e este tipo de produto é desenvolvido para aproveitar este momento para fornecer nutrientes para a pele.

Blog Valeu a Compra | Introdução aos cosméticos coreanos e onde comprar

Amo este tipo produto, é meu item favorito da rotina de cuidados, e minhas escolhas são: Laneige Water Sleeping Mask (≅ US$ 26), Tonymoly Panda’s Dream White Sleeping Pack (saiu de linha e a minha está no fim, buá) e Lioele Water Drop Sleeping Pack (US$ 10.94 no site Cosmetic Love), uma alternativa perfeita à máscara da Laneige.

7) Face mist

O face mist é um spray hidratante, uma água bem leve enriquecida com algum ingrediente emoliente, e um dos muitos artifícios utilizados pelos coreanos para suprir a hidratação diária da pele.

Os frascos são pequenos e as pessoas os levam consigo para espirrar no rosto várias vezes durante o dia. Existem diversas versões, desde alguns mais refrescantes perfeitos para o verão quanto outros encorpados e mais ricos em hidratantes e que são melhores no inverno.

Blog Valeu a Compra - Produtos coreanos | BB cream, blur, cushion

Indico: Lioele Seaweed 90 (bem refrescante, parece uma água termal mas tem o benefício dos emolientes ≅ US$ 12), It’s Skin Mini Bebe (super leve e refrescante, perfeito para dias quentes ≅ US$ 4) e VDL Beauty Hydro Mist (mais encorpado e hidratante que os outros, ótimo no inverno ≅ US$ 8).

8) Peeling para os pés

Um tempo atrás, surgiu um produto aqui no Brasil – com direito à propaganda na TV – que mostrava um tratamento para pés ressecados que consistia em um par de meias descartáveis contendo um ácido, as meias deviam ser calçadas, permanecer nos pés de uma a uma hora e meia, os pés são enxaguados com água morna e, dentro de alguns dias, os pés começam a descamar (e a descamação pode durar até uma semana).

É super nojento – e era também na propaganda – mas preciso dizer duas coisas: a) este tipo de produto já existe na Coreia há muito, muito tempo e o resultado é realmente surpreendente; e b) o tratamento coreano custa, mais ou menos, 7 vezes menos.

Blog Valeu a Compra | Introdução aos cosméticos coreanos e onde comprar

Já usei de várias marcas e todos foram muito bons com os mesmos resultados. Acabo comprando o mais barato ^_~

9) Máscara para os pés

É bem comum na Coreia ter uma solução, normalmente de uso único, que traz um boost de cuidado para um problema específico. Assim como existem as máscaras de hidratação para o rosto existe este tipo de produto, também, para outras partes do corpo: bochechas, pescoço, mãos, só pra citar algumas, e uma que eu adoro em particular: a máscara para os pés.

Trata-se de um par de meias descartáveis de poliéster (dentro de um plástico) contendo uma essência hidratante. Você calça as meias e deixa os pés ali por 20 ou 30 minutos, às vezes mais, dependendo do fabricante. Para quem tem pés muito ressecados (meu caso por causa da psoríase) este é um ótimo complemento ao tratamento de peeling que expliquei no item anterior.

Blog Valeu a Compra | Introdução aos cosméticos coreanos e onde comprar

Já usei de várias marcas e todos foram muito bons. Acabo comprando o mais barato.

10) Máscara para área dos olhos

Não, não é máscara de cílios! =D

Acabei de comentar no item 9 que as máscaras hidratantes são bastante comuns dentre os produtos coreanos e não estão disponíveis apenas para o rosto.

Uma máscara bastante específica que eu gostei demais foram aquelas voltadas para a região sob os olhos. Há duas, em especial, que me surpreenderam pelo resultado e que indico fortemente: os patches de hidrogel Gold Racoony da Secret Key (publiquei review aqui) que são extremamente hidratantes e suavizam linhas finas além de melhorar a aparência da pele cansada. O pote vem com 90 mini máscaras e custa aproximadamente 9 dólares.

Outra que adorei foi a Panda’s Dream Eye Patch da Tonymoly específica para aliviar bolsas da área sob os olhos e clarear olheiras, mas não a encontrei mais em nenhuma loja, estou achando que saiu de linha, seria triste.

 

Bônus 1: óleo em balm para limpeza

Quando escrevi sobre a rotina coreana de cuidados com a pele expliquei que japoneses e coreanos utilizam uma limpeza em duas etapas: a primeira consiste de um óleo que consegue dissolver completamente a maquiagem e o protetor solar, este último um dos produtos mais difíceis de tirar da pele.

Trata-se de um creme (uma consistência de manteiga, para ser exata), normalmente transparente e sem fragrância, que deve ser aplicado no rosto seco e massageado com as mãos. Você verá a maquiagem se desfazendo muito facilmente. Quando achar que a massagem já foi suficiente, umedeça as mãos com água morninha e massageie mais um pouco. Neste momento, o balm se transforma num aspecto leitoso, você pode massagear mais um pouco para terminar de remover os produtos mais difíceis (como uma máscara de cílios à prova d’água, por exemplo) e enxaguar o que sobrou com água morna. Apesar de ser um óleo, ele é feito para este processo e sai muito facilmente e quase em sua totalidade com água.

Blog Valeu a Compra | Introdução aos cosméticos coreanos e onde comprar

Indico: VDL Naked Cleansing Oil Cream (≅ US$ 23) e Banila Co. Clean It Zero (≅ US$ 15).

Bônus 2: Escova (pincel) para limpeza facial

Quem conhece a Clarisonic e/ou similares (até a Mary Kay já lançou algo parecido) não deve imaginar que, na verdade e, de novo, a ideia surgiu de algo que já existe na Coreia (e no Japão) há algum tempo. A segunda etapa da limpeza do rosto utiliza uma espuma à base de água aliada à uma escova própria para remover o máximo possível de impurezas e algum resíduo que possa ter ficado do balm em óleo (da primeira etapa que descrevi no item anterior).

Os principais adeptos desta escovinha são pessoas que têm a pele oleosa, pele mista com bastante oleosidade na zona T e/ou pele com tendência à inflamação. Massagear uma espuma de limpeza com as mãos não é suficiente para remover todas as impurezas, sobretudo as que ficam nos poros. Portanto, a escovinha é praticamente indispensável para manter os poros limpos e, consequentemente, reduzir a aparência deles e a oleosidade excessiva.

Blog Valeu a Compra | Introdução aos cosméticos coreanos e onde comprar

Indico: My Beauty Tool Pore Brush da Etude House – tem no site Cosmetic Love por US$ 7.94.

Bônus 3: Itens específicos para cuidados com os lábios

Muito burburinho surgiu quando, ano passado (ou retrasado, talvez) Jessica Alba e Lady Gaga apareceram no Instagram com um patch rosa em formato de boquinha aplicado nos lábios. Para quem ainda não conhece é uma máscara de hidrogel extremamente hidratante e formulada especialmente para a pele sensível dos lábios. Várias marcas coreanas possuem as suas, eu já usei a Cherry Lip Gel Patch (≅ US$ 2) da Etude House.

Outros dois itens, também para tratamento dos lábios, que gostei demais foram o esfoliante Kissing Sugar Lip Scrub da Shara Shara (≅ US$ 5.50) e a Lip Sleeping Mask da Laneige (≅ US$ 16.50). Também por causa da psoríase meus lábios ressecam demais e eu vivia de Bepantol até conhecer a lip mask da Laneige: é como se fosse um Bepantol muito mais denso, mais concentrado e mais potente, além de ter uma fragrância maravilhosa de frutas vermelhas.

Blog Valeu a Compra | Introdução aos cosméticos coreanos e onde comprar

ONDE COMPRAR?

Já publiquei um post explicando detalhes sobre os sites de onde mais peço cosméticos. Mas, para resumir, seguem, abaixo, meus preferidos. Quem quiser saber mais detalhes como formas de pagamento, prazos, onde as novidades chegam primeiro, é melhor consultar o post original.

Tem os melhores preços e grande variedade de marcas e produtos mas o frete é pago. Compensa quando você for comprar uma quantidade razoável de produtos principalmente se eles forem pequenos e/ou leves (como tints, máscaras, etc).

Possui menos marcas que o TesterKorea e os preços são maiores mas o frete é gratuito (e por 2.50 dólares tem-se código de rastreamento). Compensa para quem quiser um ou dois produtos apenas.

E PARA TERMINAR…

Acredito que as pessoas estão em constante transformação e descoberta de si próprias, e acredito que este processo é muito mais rico quando as pessoas leem, viajam (sim, mesmo na crise), e têm contato com culturas diferentes. Mesmo este texto sendo só sobre cosméticos coreanos, na verdade ele não é só sobre cosméticos. Primeiro, porque cosméticos e moda estão extremamente mergulhados num contexto cultural, econômico, político, e apesar de muita gente achar estes temas fúteis ou superficiais existe muita história e muita coisa para se aprender quando a gente começa a ir mais fundo no assunto. E, segundo, uma pessoa se permite se apreciar mais e descobrir – ou construir – um estilo justamente quando se transforma e quando testa coisas que são diferentes daquilo que o seu contexto lhe propõe (e tem muito blog muito igual por aí, propondo sempre as mesmas maquiagens, as mesmas “técnicas”, as mesmas ideias, o batom fosco, a sobrancelha perfeitinha… teste algo diferente!). Esta reflexão, para mim, modela a verdadeira autoestima.

Desculpem o texto enoooooooooooooorme.
Um beijo,
Van

Este post foi sugestão de uma leitora: obrigada, Cris, pela ideia e pelo carinho! Um beijo pra você! Valeu a Compra - Kawaii

Este post não é um publieditorial. Os produtos foram comprados por mim para serem usados, inclusive, em resenhas no blog, e o texto expressa minha sincera opinião. Todas as fotos foram tiradas por mim (exceto a da mini máscara devidamente creditada por usar o próprio link do Instagram) e todo o texto foi criado por mim: adoro fazer isso mas consome tempo e o blog é meu hobby, não é minha principal atividade, então apenas peço que não copiem nada sem citar a fonte. Obrigada! ;)

Anúncios

46 comentários sobre “Uma introdução aos cosméticos coreanos + top 10 produtos que indico

  1. Gabrielle disse:

    Estou com planos para ir a Coreia, mas tem um problema, só posso levar 100 ml do creme de cabelo que eu uso. Oque eu faço? Tenho cabelo cacheado e isso não vai dá certo kkkk lá vende produto (creme) pra cabelo?

    Curtir

  2. carine serafim disse:

    menina do seu adorei seu post, nunca comprei nada coreano mas to pesquisando as melhores marcas haha. deixa eu te falar qual a melhor marca de bb cream para uma pele mais morena porque ja vi varios videos dizendo que a cores dele sao mais para brancos neh. beijim aguardo resposta

    Curtir

  3. Anna Camila disse:

    Achei seu blog por acaso numa pesquisa sobre cosméticos asiáticos e tô apaixonada…
    Sabe me dizer se encontro essas marcas na Tailândia?
    Vou de férias pra lá e tô querendo enlouquecer nas farmácias! hahahah

    Beijos

    Curtir

  4. Isabela Louzada de Lacerda disse:

    Oie boa noite, por favor me socorre estou fazendo uma compra no testerkorea comprei uns 18 itens e deu 140 krw, mas na hora de converter tá ficando mto barato será que to fazendo certo?!

    Curtir

    • van disse:

      Oi, Isa!
      Olha, os cosméticos coreanos costumam ser baratos (com exceção de algumas marcas específicas) e as moedas asiáticas andam desvalorizando… Eu não sei que itens você escolheu mas se quiser posso dar uma olhadinha no seu carrinho de compras (se é que você já não fechou a compra; desculpe a demora em responder, andei com uns problemas pessoais…), se quiser mande um print para meu email (pegue o endereço ali em cima no menu “contato”).
      Beijinhos

      Curtir

      • Eneida Neumann disse:

        Adorei as dicas!
        Os produtos asiáticos e os coreanos compro na Liberdade em São Paulo em uma loja só com cosmesticos .
        Não sei o nome mas fica no miolinho da Rua Galvão Bueno abaixo da banca de jornal na esquina da Praça do metrô. .
        Manter a direita descendo a Galvão Bueno.
        Fica a 50 metros da banca de jornal.
        Não tem como não ver que é muito bonita e organizada.
        Tem as mascaras coreanas e todo tipo de produto oriental. Eu adorei

        Curtir

    • Gabbie disse:

      Estou com o mesmo problema, estava dando uma olhada aqui e deu 221,070 krw. Joguei em alguns sites pra converter em reais e dá R$ 0,6043… Isso tá certo?

      Curtir

      • van disse:

        Não, está errado. Eu não sei como vc converteu mas 221 mil wons dá um pouquinho menos de 200 dólares que dá mais ou menos 600 reais (por alto, de cabeça. Não sei as cotações exatas de hoje). Talvez vc devesse converter sem usar a vírgula. A vírgula (ou, no caso da maioria das moedas internacionais, o ponto) é usada pra separar casas decimais. Tente usar 221070 direto.

        Curtir

  5. Tâmara Moreira disse:

    Olá,, tudo bem?
    Você tem razão. Eu mesma tenho a pele extremamente oleosa, mas percebi que a pele mate demais fica com aparência envelhecida e sem viço. Daí eu misturo as bases mates com bb cream da loreal que é mais aquoso para ficar menos pesado.
    Os bb creams da coréia não tem comparação com nada do ocidente. Eles são densos, extremamente hidratantes, deixam a pele com viço, brilho natural e seguram o dia inteiro. Fora que por um passe de mágica a cor se funde com a da nossa pele, nunca vi isso menina. Eu recebi uma amostra do bb cream missha signature que magicamente deixou minha pele como nunca vi antes. NUNCAAAAA!! Na hora apliquei e o rosto parecia a de um fantasma, e eu pensei: Estraguei tudo!!! Mas depois foi se “moldando” à minha pele e ficou com um resultado maravilhoso, vivo e jovem. Infelizmente não tem no Brasil pra vender e vou comprar uns 3 no E-Bay. Até o momento tenho 3 bb creams coreanos, o Missha Perfect, o Sake da Skinfood e o Mineral da Etude House. E amo o brilho que eles deixam, nenhum me deixa com cara de morta.
    Infelizmente aqui temos essa coisa da pele com brilho, eu também tinha, já que pele pingando óleo é uma coisa que incomoda demais, mas depois de ver a diferença de pele “parede reboco” e pele hidratada, percebi que a segunda me deixa mais jovem e recebo muito mais elogios.
    Passei também a usar blush cremoso e até meus batons líquidos como blush e o resultado é outro gente. Coloco o pó por cima e eles ficam o dia inteiro no rosto e bem natural.
    Meninas, recomendo muito os cosméticos coreano e japoneses. É de fato de outro mundo. Tenho comprado bastante coisa, base em pó, creme de mãos, tônico, sabonete, máscaras e cleasing oil. O cleasing oil é um caso à parte, ele simplesmente derrete a maquiagem inteira e deixa a pele macia e sem óleo.
    Quem nunca usou máscaras, gente, é maravilhoso, tenho sentido bastante diferença. Até indico para quem tem pele oleosa uma marca nacional incrível: Elemento Mineral. É tudo natural, não testam em animais e eles vendem máscara cremosa que seca e também argilas.
    Eu estou totalmente “in love” com os cosméticos asiáticos e não troco mais por nada daqui. Minhas próximas compras são cushion, lip tint, cushion blush, bb cream signature da missha e afins.
    Amei o texto e só comprovou o que tenho sentido.
    bjosss e obrigada!!! =)

    Curtido por 1 pessoa

  6. schawany disse:

    oi, gostaria de saber como você fez pra comprar todas essas maravilhas coreanas. Se já tiver feito um post, plis mande o link. Obrigadaa, não vejo a hr de gastar todo meu dinheiro nelas >.<

    Curtido por 1 pessoa

  7. Suene disse:

    Massa demais seu blog. Minha querida, faz um passo a passo , se não for muito incomodo de como fazer a compra no site de cosmeticos coreanos que vc mais compra . Beijos, desde já muito obrihada.

    Curtido por 1 pessoa

  8. opiniãodaluh disse:

    Adorei seu post, mas como muitas meninas, tenho bastante receio de comprar errado pois a minha pele é oleosa. Voce tem algum post (procurei, mas não achei) específico com dicas para comprarmos esses produtos para peles oleosas? Se não tiver, voce podia fazer um, ia ser otimo *-*
    Os anúncios vem escritos em coreano e eu não entendo quase nada :(

    Beijos,
    Luh
    https://opiniaodaluhblog.wordpress.com/

    Curtido por 1 pessoa

    • van disse:

      Oi, Luh!
      Não escrevi post específico sobre pele oleosa ainda (dica anotada!) mas como falo muito sobre cosméticos coreanos e a pele asiática tende à oleosidade acabo dando dicas indiretamente. Vc já viu o post sobre os poros? Como poros aparentes ocorrem majoritariamente em pele oleosa tem algumas dicas lá (com produtos coreanos) para lidar com isso, como a escovinha de limpeza do rosto, as folhinhas que absorvem excesso de oleosidade, o “pore powder” ou “pore pact” que coreanos usam durante o verão para driblar suor e oleosidade, dentre outras coisas, segue link: http://wp.me/p622cA-gK
      Quando vc diz que tem receio de comprar errado porque sua pele é oleosa este receio é relacionado a que, exatamente? Seu medo é da maquiagem não funcionar, deixar a pele mais “oleosa”? Ou é com os produtos de tratamento? Se vc quiser me explicar melhor posso te passar algumas dicas mais específicas. Uma coisa que já antecipo é que existe uma diferença crucial na preferência de maquiagem: brasileiras desenvolveram uma “neura” ao óleo e preferem produtos e maquiagem sem óleo, pele toda fosca, e também dão mais atenção à maquiagem do que ao cuidado com a pele – prova disso é que, por aqui, [quase] todo mundo adora uma base de média ou alta cobertura. Mas mesmo para a pele oleosa todo este arsenal sem óleo pode não ser uma boa. O hidratante mais emoliente que existe é o óleo vegetal e se a pessoa tira todo o óleo vegetal de todos os produtos, com o tempo e a idade a pele – que era oleosa – pode perder a vitalidade e se tornar seca e descamativa. Falei um pouquinho sobre isso aqui: http://wp.me/p622cA-bb e aqui: http://wp.me/p622cA-9x
      Na Coreia as pessoas valorizam muito mais a rotina de cuidados com a pele e, por consequência, usam menos maquiagem. A oleosidade, no entanto, é “tratada” na rotina de cuidados e não “enterrada” com maquiagem matte. Um outro ponto é que pele saudável e hidratada, lá, é sinônimo de vitalidade e “brilho”, um brilho saudável. Mas, por aqui, por causa dessa “neura” com brilho e óleo, a indústria nos ensinou a não gostar do brilho a tal ponto que muita gente tem dificuldades em diferenciar uma pele oleosa do brilho de uma pele saudável e hidratada. Os produtos de maquiagem, por lá, portanto, valorizam este aspecto, da vitalidade da pele e do brilho saudável que nasce da boa hidratação. Pra você entender veja este comercial: esta pele (considerada a perfeição por lá) seria criticada por algumas pessoas no ocidente: https://youtu.be/Tqf5e-irJRI
      As cushions, por exemplo, costumam ter uma versão hidratante (mencionada nos rótulos) e uma versão tradicional (se não aparecer nada no rótulo a chance é grande de ser uma tradicional). Mas, mesmo assim, eles gostam de pele com este aspecto que mencionei, então você não vai encontrar uma “cushion matte” (a IOPE até tem uma com esta proposta mas mesmo a cushion matte deles não é totalmente fosca). Se você quer uma cushion e acha que vai estranhar este aspecto “hidratado que brilha” ou se os produtos de tratamento de pele não estão dando conta de segurar a oleosidade da sua pele, é melhor evitar uma cushion hidratante, você pode estranhar.
      E sobre quais anúncios você se refere? Se for os que aparecem depois do final do post, não tenho controle sobre eles (nem os vejo aqui na verdade), é que uso a plataforma grátis do WordPress e ele é quem publica o que quer ali :)
      Às vezes pego alguma imagem que até tem algum texto coreano pra publicar nos posts (normalmente nos boletins de novidade) mas faço isso ou quando falo mais sobre o que é aquele produto ou quando dá pra deduzir… eu também não sei coreano.
      Espero ter ajudado, beijinhos! <3

      Curtido por 1 pessoa

  9. Pri disse:

    Adorei o post! Aliás, todos os seus posts são incríveis! Ganhou uma fã! Uma perguntinha: qual a diferença do cushion e o refil dele? Digo, você acha que vale a pena comprar só o refil pra economizar? E usar bb cream hidratante em pele oleosa não deu a impressão de o rosto estar mais oleoso ainda? Tenho pele oleosa e tenho receio de comprar tudo errado pra minha pele e com o tom errado s:
    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    • van disse:

      Oi, Pri! Obrigada, obrigada! Que bom que gostou dos posts, fico feliz! <3

      Vamos às dúvidas: a cushion é um produto líquido confinado num estojo que deveria ter só texturas em pó compactado ou em creme. Falando a real, é uma gambiarra mesmo (haha) o que fizeram pra botar um produto líquido num estojo assim. Então, não aconselho a comprar só o refil porque o estojo é desenhado pra manter o refil bem fechadinho e selado e se vc usar só o refil e for carregá-lo na bolsa pode ser que o líquido vaze. Mas existem algumas cushions que são bem baratas (e não de menos qualidade por isso) e é comum, dentre as marcas coreanas, vir uma caixa que já tem o estojo (já com uma cushion) e outra cushion de refil. Eu sonho até hoje com uma da IOPE, mas como ela é cara, vou só sonhando por enquanto, e tenho gostado muito das que usei até então (que são bem mais baratas). A Magic Cushion da Missha, última que comprei – mostrei aqui: http://wp.me/p622cA-im – paguei 12 dólares numa caixa com um estojo e 3 cushions (isso mesmo, vinha uma já no estojo e mais 2 refis à parte). Foi uma promoção de lançamento mas ainda dá pra encontrar em alguns lugares. E a nova caixa continua valendo à pena, agora vem o estojo, 2 cushions (uma no estojo e um refil) e um pacote de aplicadores extra, sai mais ou menos por 10 dólares e pouquinho. Com relação à pele oleosa, talvez a cushion hidratante a faça "brilhar demais" mesmo. Eu indicaria pra vc a Magic Cushion tradicional da Missha, não a hidratante que comprei e mostrei no post, é esta aqui: http://testerkorea.com/Product/missha-m-magic-cushion-special-set-spf50pa-line-friends-edition. Eu vou na hidratante porque apesar da minha pele ser "originalmente" oleosa, depois que passei dos 30 anos ela começou a ressecar. A A'Pieu tem ótimos preços também e ela pertence ao mesmo grupo da Missha. Algumas blogueiras por aí acham as cushions iguais! Ah, e sobre a cor, dá uma lida na resposta que escrevi pra Jess aqui mesmo neste post, ela me perguntou justamente sobre como escolher a cor.

      Falando um pouquinho mais sobre a pele oleosa, tem bastante coisa na Coreia pra cuidar disso, e tudo muito suave e nutritivo (apenas fuja do álcool, ok? Estes tônicos adstringentes tão difundidos no ocidente dão uma falsa sensação de melhora mas causam efeito rebote depois). Fique de olho nos ingredientes, um ácido leve como o AHA extraído de frutas pode ser bom, a Cosrx tem tônico e essência com isso. As vitaminas A e C são super boas pra regular a oleosidade também, e o ácido salicílico (aparece como BHA nos produtos, e a Cosrx tbém tem) combate acnes mais intensas e persistentes. Um outro ingrediente que "tá na moda" para equilibrar a oleosidade é o Tea Tree Oil (a melaleuca) que é antiinflamatório (a The Body Shop tem aqui no Brasil uma linha completa de Tea Tree). Mas tudo isso é apenas teoria, tá? A melhor coisa é sempre bater um papinho com um bom dermato, se possível. ;)

      Mas é bom salientar que às vezes a gente aqui do ocidente confunde brilho com oleosidade. A pele oleosa é bem comum na Coreia e na Ásia e mesmo cuidando bem pra manter o equilíbrio e mantendo-a hidratada, ela brilha (porque eles buscam isso). Mas é um brilho diferente. A gente pode ter um pouco de dificuldade pra lidar com isso, ver a diferença, mas esta é a principal característica que se busca lá: uma pele tão saudável e hidratada que brilha. Tem um vídeo de propaganda da IOPE que mostra bem como é esta "pele perfeita", deixo o link no final pra vc ver. Mas como aqui fomos acostumados e "educados" pela indústria a fugir de "todo o brilho" (mesmo o saudável) e como a indústria cosmética em todo o continente americano super prega o efeito matte, às vezes a gente olha pra este vídeo e acha que a pele está "oleosa" em vez de estar hidratada e perfeita. Tô dizendo isso porque mesmo a cushion tradicional, a não hidratante, pode deixar uma "radiância" na sua pele (e aí vc vai voltar aqui depois pra brigar comigo haha).

      O vídeo da IOPE: https://www.youtube.com/watch?v=RiBpfYUhjYc (perceba que eles têm agora uma cushion de efeito matte e mesmo ela não tira todo o brilho da pele – eu aprendi a amar este glow!)

      Desculpe me estender tanto na resposta. ^_~
      Obrigada pela visita e pelo comentário! Beijinhos =***

      Curtir

  10. Jess disse:

    Adorei o post!! Nossa, vc manja mesmo de tudo isso, por favor, continue fazendo mais posts e contando mais. Acredito no que você disse sobre cultura. Acho muito legal a gente quebrar essa barreira da pele mate e partir para a hidratação e iluminação acima de tudo, deixar nossos poros respirar, né?!
    Só tenho uma dúvida, como você faz para escolher os tons das bases? Pq eu queria um cushion mas tenho medo de errar o tom. :(
    Beijocas!!

    Curtido por 1 pessoa

    • van disse:

      Oi, Jess! Obrigada pelos elogios! =)

      Sobre a cor, eu sou branquinha (sou NC15 da MAC), e a primeira vez que comprei (que foi um BB cream, na verdade) foi na sorte mesmo. Pedi o número 21 e deu certo.
      Vc já viu o sistema de cores que os coreanos usam? Não tem muita variedade, a maioria dos produtos-base pra pele (base, BB, cushion, etc) só estão disponíveis em 2 tons: 21 e 23. Normalmente, o 21 tem fundo mais neutro (ou frio), além de ser mais claro. E o 23 costuma ter o fundo amarelado, mas isso não é regra. Algumas marcas tem tbém a cor 17, que é ainda mais clara que o 21.
      Na maioria das vezes que testei um produto assim o 21 deu certo pra mim, mas há algumas leves variações de marca pra marca. Por exemplo: o 21 da Missha tem fundo frio e acaba ficando bem branco no rosto, eu preciso dar uma “tapa” com bronzer quando uso (mas isso se aplica mais ao BB cream, que tem uma cobertura mais forte que a cushion). E o 21 da Lioele é o contrário, ele é bem escuro.
      Outra coisa que precisa prestar atenção é se a cushion em questão tem alguma propriedade adicional que pode causar alteração na cor, explico: a cushion Pearl Aura, da Etude House, tem uns pontos brancos de onde sai iluminador (é BB cream e iluminador em um só produto) e isso faz com que o resultado fique “esbranquiçado” e mais claro que o normal (mesmo sendo a 21).
      A Missha é a única marca coreana presente oficialmente no Brasil e, para nosso mercado, ela expandiu as opções de cores (eu não sei quantas são mas acho que já tem mais de 6 tons). Se vc for de São Paulo, dá pra experimentar o produto e testar a cor nas drogarias Iguatemi.

      Sei que pelo blog não dá muito pra ter uma ideia de cor, mas fiz swatches e mostrei algumas cushions em posts mais antigos, talvez tbém ajude um pouco, são estes:
      – Aqui eu mostro uma cushion tradicional da Etude e também a Pearl Aura que comentei: http://wp.me/p622cA-66
      – Aqui mostro rapidamente a M Moisture da Missha e tem uma comparaçãozinha com a da Etude: http://wp.me/p622cA-im

      Espero ter ajudado. Beijinhos, obrigada pela visita e pelo comentário! <3

      Curtido por 1 pessoa

      • Jess disse:

        Ai, que vergonha! Não vi os posts antigos. hahahaha Vou olhar todos com calma. Bom, pensando que lá a variação de cor de pele não é grande como no Brasil, e que a tecnologia dos cosméticos é boa a ponto dos produtos se adaptarem, faz sentido ter poucas cores! Obrigada novamente pelas dicas!!

        Curtido por 1 pessoa

      • van disse:

        Imagina, flor! Eu preciso alterar um pouco o layout aqui do blog porque não tá muito fácil pra encontrar os posts que tem a ver com outros.
        Se experimentar uma cushion me conte depois o que achou!
        Beijinhos <3

        Curtido por 1 pessoa

      • Jess disse:

        Nem me fale em mudar layout de blog pq dá um desânimo só de pensar em tudo que preciso fazer no meu. hahahaha Conto sim, mana, pode deixar!

        Curtido por 1 pessoa

  11. julinscruz disse:

    Adorei o post, ele é super educativo e esclarecedor! Aliás, o Valeu a Compra é o meu “blog de cabeceira”! E não se desculpe pelo texto grande, somos leitoras sedentas por infomações. Então quanto mais, melhor. Parabéns!!! :)

    Curtido por 1 pessoa

      • julinscruz disse:

        Van, no meu blog atual, são dois na verdade, Oh lala Brasil e Oh lala France, eu comentei sobre a rotina de cuidado com a pele das coreanas. Mas só citei por cima. Minhas amigas me perguntaram detalhes e eu fiquei de escrever explicando mais. Mas, eu prefiro colocar o link do seu blog, porque ele é super bem explicado e completo. Eu posso? Caso vc permita, eu pretendo postar lá para o final do mês de maio nos dois blogs que eu escrevo. Tudo bem para você se eu der uma traduzida para o francês no meu blog Francês? Se você quiser dar uma olhada neles os endereços são
        http://www.ohlalabr.wordpress.com
        http://www.ohlalafr.wordpress.com

        Beijos!

        Curtido por 1 pessoa

      • van disse:

        Oi, Ju! Pode postar sim, até te agradeço por divulgar o link! E pode traduzir pro francês tbém (aahhh meu deus vc fala que francês acho tão lindooooo haha)
        Já tô seguindo seus blogs ^_^
        Beijinhos, e obrigada! <3

        Curtido por 1 pessoa

      • julinscruz disse:

        Obrigada!!! :-)
        Ah eu falo um pouco… já dá para me virar, mas tenho muito o que aprender! Levo muito tempo para escrever um texto em francês, mas eu amo esse desafio!! ☺️😘

        Curtido por 1 pessoa

  12. Ôxi! Maria disse:

    Van, amei seu post ,rico em detalhes e muita dedicação! Imagino o tempo que levou pra fazer este post… Amei estes produtos, são super fooofooos! Tinha receio de usar produtos coreanos, você me convenceu, vou experimentar! Yes! Obrigada ! Vou guardar este post com muito carinho! Beijos, Claudia – Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

    • van disse:

      Oi, Clau! Obrigada! ^_^
      É, levou um tempo, haha, mas eu adorei juntar as informações, tirar as fotos, etc. =)
      Ah, não tenha receio, não! A indústria deles é super tecnológica e se há um consenso por lá é que cosmético tem de ser suave. São raros os produtos que contém álcool, por exemplo, e as formulações costumam ser muito bem toleradas até nas peles mais sensíveis. Essa é uma diferença crucial com o ocidente – que tem os tônicos-adstringentes-puro-álcool que fazem arder até o coração XD
      Tudo muito fofo, né? Vivo dizendo que os cosméticos coreanos me pegaram primeiro pela embalagem! =D
      Obrigada por seu comentário, espero que goste de experimentar estes produtos.
      Beijinhos =***

      Curtido por 1 pessoa

  13. Gabriela disse:

    Ótimo post! Você é maravilhosa!
    As máscaras da laneige costumam durar muito tempo?
    Você tem alguma sugestão pra quem precisa de muitos cuidados na região dos olhos? Alguns cremes bem queridos?
    Seu blog está me ajudando muito. Estou esperando a minha primeira compra de lá chegar graças a você <3

    Curtido por 1 pessoa

    • van disse:

      Oi, Gabi! Obrigada! ^_^
      Olha, ultimamente eu não tô usando estas máscaras tanto quanto deveria e a da Laneige está comigo a pouco tempo mas posso te dizer uma coisa: usei bastante a da Tonymoly, acho que um pouquinho mais de 6 meses, e só agora ela está no fim, e a da Laneige é mais concentrada e rende mais. Então, apesar dela não ser tão barata, eu acho que vale à pena.
      Com relação a creme para área dos olhos, eu não estava usando nada até terminar de ler o livrinho da Charlotte Cho. Comprei o Mizon recomendado por ela e está sendo bom demais pra mim. Eu tenho bastante linhas finas e um pouco de olheiras, ele tem ajudado. É o Snail Repair Eye Cream, mostrei ele neste post: https://valeuacompra.wordpress.com/2016/01/22/comprinhas-no-site-testerkorea/
      Fico feliz que o blog está sendo útil e os posts estão ajudando! =)
      Beijinhos,

      Curtir

  14. Cristine Ramalho disse:

    Awn :3 adorei o post, me ajudou muito e com certeza irá ajudar outras pessoas. Muito obrigada por atender ao meu pedido e ser super atenciosa *-* beijinhos :3

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s